Confia Sempre

Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda que teus pés estejam sangrando, segue para frente, erguendo-a por luz celeste, acima de ti mesmo.
Crê e trabalha.
Esforça-te no bem e espera com paciência.
Tudo passa e tudo se renova na terra, mas o que vem do céu permanecerá.
De todos os infelizes, os que perderam a confiança em Deus e em si mesmos são os mais desditosos, porque o maior infortúnio é sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.
Eleva, pois, o teu olhar e caminha.
Luta e serve. Aprende e adianta-te,
Brilha a alvorada além da noite.
Hoje, é impossível que a tempestade te amarfanhe o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te com a aflição ou ameaçando-te com a morte…
Não te esqueças, porém, de que amanhã será um outro dia.

Meimei

Médium: Francisco Cândido Xavier
Do Livro: “Cartas do Coração”  –  Edição: Lake

O amor precisa começar por você mesmo

Você é uma obra única da criação, com talentos e dons especiais reunidos de uma forma que só você possui. Seu maior desafio é ser fiel a você mesmo, aos seus desejos mais essenciais, conhecendo-se profundamente, acreditando-se com a sua sombra e sua luz, e fazendo a perfeita alquimia com esses elementos.

Amar-se leva-nos a preencher nossas necessidades, reconhecer e honrar nossos limites, e a reconhecer também todas as possibilidades ainda não exploradas.

O auto-amor não tem nada de presunçoso ou de egoico; é humilde e flexível. Esse nível de amor por nós mesmos reconhece que não temos que ser perfeitos ou acertar sempre. Saiba que erros não significam fracassos; são como caminhos para o nosso crescimento; verdadeiras lições para que alcancemos o melhor de nossas possibilidades.

Aceitar os nossos erros significa amor-nos como seres imperfeitos na busca da perfeição infinita.

Quanto mais nos amamos, mais consciência temos de nossas potencialidades. E quanto mais consciência de nossas potencialidades, mais nos amamos.

Extraído do livro “A Conexão Coração” – Ana Abrantes